Carro estacionado ao lado de Hospital serve de lixeira em M. do Chapéu!

Carro estacionado ao lado de Hospital serve de lixeira em M. do Chapéu!

Uma Pikup Gurgel encontra-se há vários dias estacionada ao lado do Hospital São Vicente praticamente abandonada e...

Câmara mantem voto obrigatorio!

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira a proposta de voto facultativo com 134 votos a favor e 311 contra....

Obra de recuperação do calçamento em frente a Igreja Matriz é retomada!

Obra de recuperação do calçamento em frente a Igreja Matriz é retomada!

Após matéria apresentada aqui no MN informando que a obra de recuperação do calçamento da Av. Cel. Dias Coelho em...

Prefeitura de Irecê oficializa compra de usina de asfalto

Prefeitura de Irecê oficializa compra de usina de asfalto

  Um grande sonho realizado. Assim pode ser definido o que aconteceu em Irecê na última sexta-feira, dia 06 de...

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Projeto Feitocal inicia itinerância por oito cidades baianas; Morro do Chapéu é a primeira!

Como registramos, apagamos e borramos a memória? Memórias são verdades ou invenções narrativas? Na direção de perguntas como estas, o projeto Feitocal utiliza a dança para investigar a condição humana de memorar os fatos. De caráter itinerante, o projeto circula por oito cidades baianas, começando em Morro do Chapéu (Chapada Diamantina), no sábado (6), e finalizando em Salvador, no mês de dezembro. Com realização da Realejo Projetos e 7Oito Projetos & Produções, tem apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), por meio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) da Secretaria de Cultura (Secult) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz). Todas as atividades são gratuitas.

No conjunto de ações, estão apresentações do espetáculo em espaços públicos, oficina, bate-papo e vivência criativa. Nesta itinerância, serão 16 apresentações seguidas de bate-papo. Já as oficinas e vivências somarão mais de 140 horas de atividades formativas e deverão envolver até 160 integrantes, 20 por cidade, desenvolvendo processos artístico-pedagógicos.

Uma singularidade de Feitocal é que a experiência em cada município contribui diretamente também para a realização do espetáculo, através da inserção de um participante da oficina na encenação. Na etapa final da itinerância, na capital baiana, o projeto reunirá integrantes de todas as cidades que passar – Monte Santo, Euclides da Cunha, Itapetinga, Vitória da Conquista, Ituaçu e Tanhaçu. Todos estarão no espetáculo, somando-se ao ‘elenco fixo’, formado pelas intérpretes Rita Aquino e Daniela Guimarães e pelo diretor Felipe de Assis, que também está em cena.

“Mais do que sua proposta de descentralização, o interessante é que passamos por cidades de portes e contextos geográfico-culturais diversos. Isso torna o processo ainda mais enriquecedor”, entusiasma-se Felipe de Assis.

Territórios da Memória
Felipe de Assis e Rita Aquino assinam a concepção e criação do espetáculo, que acontece em espaços público, explorando os territórios da memória que constituem ligações entre a experiência individual e pública. “Um traço distintivo deste projeto é que ele alia criação e formação de uma maneira própria. Nós fazemos uma apresentação na cidade, realizamos um bate-papo e uma oficina com os artistas do local, da qual vai sair um participante da segunda apresentação do espetáculo”, explica Rita.

Este quarto integrante vai estar em cena, participando, interferindo e modificando a obra. “Ele vai trazer um conteúdo que é pessoal, articulando as suas referências e memórias, que podem ser pessoais ou coletivas, como um personagem da cidade, e que vai estabelecer diálogos com as nossas referências. A sua presença intensifica a encenação como processo e a atualiza no tempo e no espaço”, reflete a coreógrafa e dançarina.

Já a última etapa do circuito, em Salvador, com todos os participantes, justapõe, contrapõe e redimensiona as experiências vividas na itinerância. “Será uma forma de revivê-las. De maneira diferente, claro, por que a memória já traz em si a potência da renovação”, diz Rita. “Geralmente, fala-se de memória como um fato preso no passado. Não queremos escavar coisa alguma. Estamos interessados em procedimentos que permitam inventar, adquirir, citar memórias, roubá-las, embaralhá-las”, propõe sua parceira em cena, a dançarina, coreógrafa e pesquisadora Daniela Guimarães.

 

RECEITA DO DIA


Confira agora a nossa receita desta quinta feira 11/06 aqui no nosso Dia Dia Diamantina, da nossa Diamantina Morro Do Chapéu...

Berinjela ao forno light

Ingredientes

Tempo de preparo 30min
Rendimento 6 porções
Light

 

1 beringela média fatiada
1 cebola média fatiada
1 tomate grande fatiado
Orégano a gosto
1 colher (café) rasa de sal ou 1 envelopinho de tempero pronto
1/2 xícara (chá) vinagre
Mussarela ralada ou fatiada (aproximadamente 200 g)

Informações Nutricionais

Porção de:
Valor Energético (90 g - 1 escumadeira cheia) 122 kcal
Carboidratos 3 g
Proteínas 9,5 g
Gorduras Totais 8 g

Modo de Preparo

Em um refratário arrume em camadas: cebola, tomate, beringela, mussarela
Misture o vinagre com o sal, tempero de sua preferência e o orégano
Depois de arrumadas as camadas no refratário, fure um pouquinho com o garfo e regue com a mistura do vinagre
Cubra com papel alumínio e leve para assar por cerca de 30 minutos
Pode ser feita no microondas (sem o papel alumínio)

Informações Adicionais

Obs.: O vinagre se mistura com os temperos e com a água do tomate e da cebola, fica um caldinho delicioso.

Foto de Glauber Gomes.

TOP 12


01

MANIFESTO
FRESNO (FEAT EMICIDA E LENINE)

07

ESTONTEANTE
MUMUZINHO

02

TANTO FAZ
FÁGNER

08

VOCÊ, O AMOR E EU
CARLINHOS BROWN E QUÉSIA LUZ

03

NUNCA É TARDE
KARINA

09

MUNDO DOS DESENCANTADOS
LUCAS MORATO

04

MAGIC
RUDE

10

BAILANDO
ENRIQUE IGLESIAS (FEAT GENTE DE ZONA)

05

DENTRO DE UM ABRAÇO
JOTA QUEST

11

RECAÍDAS
HENRIQUE & JULIANO

06

WHAT ARE WORDS
CHRIS MEDINA

12

MEMÓRIAS
BANDA MALTA

Comentários   

0 #96 Antônio Carlos 14-05-2015 13:13
Bom dia Glauber, o programa está ótimo,
Parabens por sua Filha.
Citar
0 #95 cornélio castro 06-05-2015 16:03
amo curti Diamantina Fm estou em são paulo mais sempre ligado uma boa tarde
Citar
0 #94 Paulo Alencar 16-04-2015 21:51
boa noite, quero aqui parabenizar Robston Alencar pelo belissimo trabalho. Fica com Deus, do seu amigo de Senhor do Bonfim.
Citar
0 #93 Irenilson Bispo 19-03-2015 13:20
Manda um abraço para minha tia Aurelina tio Vado e Gerson ,meus tios Jorge e Maria que mora no Icó e meus primos Gessivaldo,Ione e minha prima Nilza que mora em Barreiras e pra vcs da radio Diamantina.
Citar
+2 #92 ednaldo 07-02-2015 19:24
Olá meu nome é Ednaldo, estou a procura do meu pai ANTONIO VITOR DE SANTANA, ele deve ter hj mais de 75 anos, sei q tinha sete filhos na década de 70, e morava em Morro do Chapéu, trabalhava com terraplanagem.. ..tinha o apelido de Sergipe e tinha um chevette vermelho nos anos de 77 e 78...Se alguém poder me dar alguma informação ficarei eternamente grato.
Citar
0 #91 cantor fabio andrade 27-01-2015 13:46
toca banda calypso a musica vibrações palcomp3.com/ba ndacalypso/
Citar
0 #90 kaua 25-01-2015 20:51
oi galera do alternativo so filho da leide curto muito seu progama valeu estou ligado se for posiveo gostaria de ouvir uma musicar raul sexa disco voador e de de ja agradeso kaua
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

telefones

radio-aovivo

AO VIVO : PARADÃO DIAMANTINA

APRESENTAÇÃO: JP SYNNATS 

 

PARCEIROS


docepao

banner-frangosefrios

roberio-eletro

holisticapousada-bromeliasbrasilsat

banner-pointacaicdsolucoesfinanceiras

PlanetaPeCalcados

GraficaDiamantina2

banner-klimakent

coopag

explosao-calcados

banner-graficavitoria

brasilgasparceiros-morronoticiasparceiros-pixnoticiasparceiros-chapadaonline

bahiadagente-banner

 

PEÇA SUA MÚSICA